Espetáculo Musical O Filho do Homem Em São Paulo

Dia 28 de Novembro – Quinta – 21h00 – Única Apresentação
Teatro Fernando Torres
Rua Padre Estevão Pernet, 588 – Tatuapé

> Clique e Veja Lindas Cenas do Espetáculo

O Filho do Homem

O Filho do Homem é um espetáculo de teatro musical original, escrito e dirigido por Plínio Oliveira, numa produção em parceria com a W7 Produções e o Teatro Novo.

O Filho do Homem 1

Embora narre a vida de Jesus do ponto de vista de algumas personagens que o teriam conhecido, este não é um espetáculo religioso.

Trama

A trama se passa como se a saga de Jesus ocorresse no nordeste brasileiro, na década de 1930 e alguns dos icônicos personagens cristãos aparecem revelando um pouco de si mesmos, de sua crença e das marcas que seu encontro com Jesus lhes deixou.

Elenco

Um primoroso elenco de 15 atores, cantores e bailarinos acompanhados por 7 músicos, emociona o público com a profundidade de uma história que é para toda a família.

Como diria São Francisco de Assis, é um espetáculo para quem ama o amor.

Única apresentação no dia 28 de Novembro – Teatro Fernando Torres

Espetáculo: O Filho do Homem
Texto, música e direção: Plinio Oliveira

Co Direção: Eduardo Moreno
Direção Coreográfica: Patricia Kmeteuk
Figurinos: Débora Munhyz
Elenco: Eduardo Moreno, Juliana Ferretti, Hugo Patriota, Igor Patrocínio, Marcos Furtado, Julia Bach, Jubs Duarte, Mariana Nunes, Mariana Neves, Gui Giannetto, Diego Garcias, Yasmim Ribeiro, Cynthia Azevedo, Enrico Bezerra, Tom Santos, Thami Kovalski, Marjory Clímaco (17 atores, 7 músicos)

Faixa de classificação etária: 10 anos
Duração: 75 minutos

Preço do Ingresso 
R$ 80,00 inteira
R$ 40,00 meia.

Atenção
Desconto de 50% para Clientes da Consciência Cósmica.
Basta dizer que viu no Site da Consciência Cósmica e levar 1 Kg de Alimento não perecível que você tem 50% de desconto.

www.ofilhodohomemomusical.com  

O Filho do Homem

> Clique e Adquira o Ingresso pelo Sympla

Elenco

Eduardo Moreno
Ator e Diretor.
Começou sua carreira em Rio Claro, depois Campinas, interior de São Paulo, onde trabalhou em várias companhias de teatro, viajando por todo Brasil, passando ainda pelo tradicional  Conservatório Carlos Gomes e chegando em São Paulo em 1995 onde estreou no  palco paulistano o clássico de Ziraldo, O Menino Maluquinho. Simultaneamente estreou também a ópera Aída, de Verdi.
Esse foi só o começo de uma expressiva trajetória no teatro onde teve o privilégio de trabalhar com Carlos Alberto Soffredini, Mara Carvalho, Rosi Campos entre outros.
Seus principais trabalhos no teatro:
Cindy, o Frèje
As Mona Lisas
Se Casamento fosse bom…
Velório à brasileira
De Corpo Presente
Paulo e Estevão
Esmeralda, o musical
Nosso Lar
O nome dela é Valdemar
E a vida continua
A vida de Chico Xavier em Um Cisco.
Na TV participou da série Carga Pesada ao lado de Antônio Fagundes e Stênio Garcia e da Minissérie Dalva e Herivelto, como “Orlando Silva”
Sua carreira dividida em momentos como ator outros como diretor sempre teve o mesmo objetivo: entregar com muita verdade e respeito ao público, um trabalho artístico de qualidade, feito com muito amor e dedicação.

Marjory Clímaco
21 anos, é atriz, cantora e bailarina formada pela Royal Academy of Dance. 
Em seus trabalhos como bailarina protagonizou os espetáculos “Alice no País das Maravilhas”, “Alladin”, “Cinderella” e “Pinóquio” pela academia Fonteyn Estudio de Ballet, foi bailarina da atriz e cantora mirim Lorena Queiroz e ministra aulas de Ballet Clássico infantil. Formada no Curso Profissionalizante de Teatro Musical pela escola TeenBroadway, protagonizou a personagem Teresinha em “A Ópera do Malandro”, Anita em “West Side Story” e Joana em “Gota D’água” com as direções de Marcelo Klabin e Cristina Trevisan. 
Teve como professores de canto Saulo Vasconcellos, Juliana Peppi, Douglas Tholedo e atualmente Amélia Gumes. Profissionalmente integrou os elencos dos espetáculos “Frozen”, com produção de Leila Lopes, como Elsa,  “A Bela e a Fera”, da BRZ produções e atualmente está em turnê com o espetáculo “ABBA Experience In Concert”,BRZ produções.

Mariana Nunes
Formada em canto pelo Centro Paula Souza, teve como professores Guilherme Leal, Meghan Dawson, Douglas Tholedo, Paula Capovilla e Amélia Gumes. Aprimorou seus estudos em teatro no “Projeto Pedagógico Cia da Revista”, em música na Unesp e em teatro musical na Casa Motivo e nas escolas “4act” e “TeenBroadway de Maiza Tempesta”. Profissionalmente, integrou os elencos de “Godspell – Em Busca do Amor” de Dagoberto Feliz, “Se Essa Rua Fosse Minha – O Amor nos Anos de Chumbo” com direção de Fernanda Belinatti, “Hey, Zanna” da Cia Meraki de Teatro (ambos nos quais também participou da Direção Musical), “O Despertar da Primavera” da Cia dos Reis, “Carrie – O Musical” da Cia Vozes da Cidade e da turnê pelo Brasil e Uruguai do espetáculo “A Bela e a Fera” da BRZ Produções.

Enrico Bezerra 
estuda teatro, piano e canto desde 2013 no Espaço Cultural de Artes (ECA) e sapateado desde 2018, jazz desde 2019 na Escola Luana Norce, ambos em São Caetano do Sul. Foi através das aulas de musicalização que participou de dois musicais produzidos pelo ECA, “A Noviça Rebelde” (como um dos soldados) e “A Fantástica Fábrica de Chocolate” (como Charlie Bucket). Essas experiências o colocaram diante de Darson Ribeiro, que proporcionou sua primeira participação num espetáculo profissional, no papel de Billy Brady integrando o elenco de “O Orgulho da Rua Parnell” de Sebastian Barry, com a primeira temporada em 2017 e a segunda temporada em 2018.
Atualmente integra o elenco do musical “A vida de Chico Xavier em Um Cisco de Plínio Oliveira” que estreou em São Paulo e se encontra em turnê pelo país.
Começou em 2019 a fazer aulas na escola de teatro musical Estúdio Broadway Morumbi onde cursa teatro musical.

Jubs Duarte 
é atriz, estudou Informática, Rádio e TV, e até formou-se barista. Mas, no palco desde os 8 anos sempre se encantou pela arte de cantar, emocionar e entreter, lá se sentia em casa. Seguiu, então, estudando na área formando-se atriz pelo SENAC, estudando Ballet clássico por alguns anos na Escola de Dança de Sp da Fundação Theatro Municipal e especializando-se em Teatro Musical em escolas como Teen Broadway, 4act e no próprio Senac. Profissionalmente integrou os elencos de pesquisa e experimentação de obra passando por autores como Plínio Marcos, Sarah Kane e Bertold Brecht, além dos espetáculos musicais Aladdin e A Pequena Sereia da Cia Foxx que seguem em cartaz. Versionista e atriz no musical Hair com o Grupo La Scène de Teatro e agora parte do elenco de O Filho do Homem, um novo musical com direção e autoria de Plínio Oliveira.

Cynthia Azevedo
Nascida em São Paulo, é atriz, cantora e dubladora. Cursou teatro na Artway filmes ,na Casa de Artes Aguinaldo Silva e estudou o método Strasberg de atuação com Estrela Strauss, além de cursos de atuação com Kim Moke, Bia Lucci, e Nara Marques , e canto com Amélia Gumes.
Participou de produções teatrais pela sua Cia de teatro, A Cia Baiuca como “O inspetor geral do Brasil” adaptação de Gogol, no papel de primeira dama, “A Senhora dos Afogados” interpretando Dona.Além disso atuou no
infantil “A menina que ri” como vovó, O Primo Basílio” no papel de Juliana. Em musicais participou de montagens amadoras de “Mudança de Hábito”, onde interpretou a Madre Superiora e “Hairspray” dando vida a Prudy e carcereira.
Atualmente integra o elenco do Musical “ A vida de Chico Xavier em um Cisco” com direção de Plinio Oliveira.

Mariana Neves 
atualmente atua como atriz e bailarina no musical,  A Vida de Chico Xavier em “Um Cisco” com direção de Plínio Oliveira;  Faz parte do RAWA (núcleo artístico do Instituto Visão Futuro), onde é atriz e bailarina, com direção de Susan Andrews;  Atua como atriz e bailarina em apresentações da Maurício de Sousa Produções; e também é dubladora.
Em artes cênicas, fez curso de atuação e direção no Instituto Stanislavisky, com Tristan Aronovich, entre outros;  No  Centro Cultural B_arco, fez o curso completo do método Sanford Meisner, com Tomás Rezende, e o curso “Corpo e estado, o desequilíbrio do ator – Théâtre du Soleil”, ministrado por Serge Nicolaï. Participou por 1 ano na Oficina do Grupo XIX de Teatro, com Paulo Celestino e Oficina de Câmera, com atuação focada para cinema e tv, com Luciana Canton e na CN Atores com Cynthia Falabella. Especializou-se em dublagem na Dubrasil.  Está em treinamento extensivo de palhaço e improvisação com César Gouvêia (Cia do Quintal). Mariana também é formada em ballet clássico pelo método cubano, com a Maestra Isaura Guzman. Estudou dança contemporânea com Flávio Lima e Roberto Amorim. Atuou e dançou em mais de 20 espetáculos musicais infantis.  Foi bailarina na Sopro Cia de Dança (2015- 2018) com direção de Roberto Amorim e Tatiana Portella.
Atuou em 6 curta-metragens, entre eles protagonizou “Elisangela”, produzido por Apoena Films. Atuou em 2 longas – “O Jogo do Copo” e “Circuito Interno” – e quatro peças teatrais – “Das Coisas que Vivemos”; “A Idade da Ameixa” (por 4 temporadas) e recentemente (clow e improviso) em “Procura-se por Palhaço” e “Palhaços in Concert”. Espetáculo de Teatro/Dança “Medéia”, como atriz e bailarina, realizado na Itália, com Direção de Lara Guidetti. 
Formação Acadêmica: Licenciatura e Bacharelado em Educação Física na Universidade Ítalo Brasileira. Pós Graduada em Biopsicologia – Ciência do Corpo e Mente, no Instituto Visão Futuro.

Diego Garcias
Ator, modelo e arte-educador, formado pelo curso técnico da fundação das artes São Caetano do Sul. Entre Seus trabalhos estão:
Teatro: Os Fuzis da Senhora Carrar de Bertolt Brecht – Direção: André Castelani, A Casa fechada de Roberto Gomes – Direção: Ana Paula Demambro, O Malandro – Direção: Celso Correia Lopes, Navalha na Carne de Plinio Marcos – Direção: Pedro de Alcântara, As Estrelas Parecem Muito Diferentes Hoje – Direção: Simone Zaidan, A Tempestade de Shakespeare – Direção: Pedro de Alcântara, Vivo Ele Está de Jean Dandrah – Direção: Jean Dandrah e Nill Marcondes, Monólogo Visível e Invisível – Texto e Direção: Diego Garcias, Dioniso a vida indestrutível-  Texto e direção: Patrícia Teixeira
Vídeo Clip: “Tru Wave” –  Direção: Dino Poli e Pedro de Alcântara
Publicidade: Honda, Youse Seguradora, Ponto Frio, Ministério da saúde, Tim music festival, Óticas Diniz, Banco do Brasil, Cerveja SCHIN, Câmara Municipal, Trifil, TCL, Banco Pan, Habib’s, Hyundai entre outras.
Cinema: O Cemitério das Almas Perdidas – Direção de Rodrigo Aragão.

Hugo Patriota
Ator, cantor, escritor e compositor. 
Sua experiência com o teatro teve prólogo aos onze anos, em cursos acadêmicos e vivências que foram se expandindo ao longo de sua trajetória.
Formado em teatro musical pela Lalu Academia de Artes em Recife, Pernambuco. Na dança, estudou Jazz com Natália Brito, Ballet Clássico com Luis Ruben Gonzalez e algumas outras vertentes.
Participou de montagens como: Aladim, O Musical – Turnê Nordeste e GENI (Texto de Emmanuel Matheus) com a Bernache Cia de Teatro.
Ah! E além de seu jeito específico de escrever, usa seu tempo também para versionar canções de musicais.

Gui Giannetto 
é um cantor, ator e locutor de São Paulo. Atualmente é Zaqueu em O Filho do Homem, André Luiz em A  Vida de Chico Xavier em Um Cisco e Lord Farquaad em Shrek O Musical TYA, além de interpretar Carpa na série da HBO Pico da Neblina. É formado em comunicação social e está no terceiro ano do curso técnico de Teatro Musical do SESI. Recentemente cantou nos coros de Tiago Barbosa (Rei Leão) e Senhor dos Anéis In Concert (turnê mundial), além de integrar o ensemble do maestro Marconi Araújo e o coro Osvaldo Lacerda.

Thami Kovalski
Atriz formada em teatro musical pelo SESI SP, e pelo Estúdio de Treinamento Artístico. Amante de música, canta desde os 3 anos de idade. Teve aulas com diversos nomes do teatro musical como Amélia gumes e Leo Neiva. Sempre se encantou por dublagem, agora formada pelo SENAC na área. Apaixonada por dança e estudos do corpo, estudou dança na ETEC de Artes em 2018. Pesquisou sobre autores brasileiros, focando em Plínio Marcos e Nelson Rodrigues, enquanto integrou a Cia Filhos, que junto a Vocacionais de teatro apresentou algumas peças desses autores nos teatros de CEUs por são Paulo. Atuou no Musical Cantos de Coxia e Ribalta da Cia de Teatro Lisco-Fusco.

Júlia Bach 
21 anos e natural de Porto Alegre – RS. Atualmente integra o único curso brasileiro reconhecido pelo MEC em Técnico de Teatro Musical organizado pela instituição SESI. Desde 2010 atua como atriz no teatro e no cinema iniciando sua carreira após realizar o Curso de Atores no Instituto de Conteúdos Audiovisuais Brasileiros (ICAB) e 2 anos do Curso Avançado Adolescente no TEPA, Teatro Escola de Porto Alegre.
Em 2012 entrou na peça “Adolescer” da Cia Dejavu com a direção de Vanja Ca Michel. 2013 estreia nos palcos gaúchos e no cinema, participando como protagonista do curta-metragem “Mariana no Outono” com direção de Fernando Hart. Já em 2014 participou de outro curta-metragem inspirado na obra de Cyro Martins do livro Porteira Fechada (Boa Ventura – Direção: Guilherme Castro). No começo de 2015, atuou no longa “Em 97 Era Assim” que esteve em cartaz nos cinemas de todo o Brasil com direção de Zeca Brito e no final do mesmo ano fez participação na série “Werner e os Mortos” da Cubo Filmes. Seu último trabalho no cinema foi com o filme “Bio” de Carlos Gerbase, que conquistou 3 Kikitos  nas categorias Melhor Filme pelo júri popular, Melhor Desenho de Som e Prêmio Especial do Júri pela direção dos atores além de ser indicada como Melhor Atriz Coadjuvante no 45º Festival de Gramado (2017). Em 2019 participou do primeiro reality show de teatro musical da televisão brasileira pela emissora TV Cultura. Dentre mais de 1.000 inscrições foi selecionada entre os 100 para fazer a audição presencial e passou, fazendo parte dos 36 candidatos selecionados para competir no programa, que iria escolher o mais novo destaque do teatro musical brasileiro.

Marcos Furtado
Médico, Ator e Cantor 
Carioca formado em medicina pela universidade do Grande Rio em 2007, cursou teatro pelas escolas Wolf Maya/SP nos anos de 2015 e 2016, trabalhou com canto e regência desde a infância – imerso na música desde tão cedo integrou diversos grupos musicais tais como: Hermom, LSF e Vocalis – onde desenvolveu trabalhos não sazonais, de Páscoa e Natal nos estilos Black, Soul, Pop e clássico – imprimindo seu talento como versionista, solista e direção sendo mais de 20 musicais gravados. 
No Teatro Musical fez remontagens pelas escolas Ballet‘art com direção de Marietta Pirágine e regência de Jorge de Godoy destacam-se: Em 2017 A Bela e a Fera como Fera – teatro Gazeta.
Em 2016 O Rei Leão como Mufasa – Teatro Paineiras Morumbi e Caminhos da Floresta como Príncipe da Rapunzel também no teatro Gazeta.
Integrou o elenco de Esmeralda, o musical como Álvaro em 2017 no teatro Gamaro assinando também a direção musical em sua segunda temporada.
No Teatro fez: – “O Último Desejo” e “As Patricinhas de Sampa”  ambos na direção de Elmar de Freitas 
Artisticamente divide seu tempo entre os consultórios, os estúdios e os palcos sempre buscando equilibrar esses diferentes ambientes para trazer o melhor possível aos que com tanto carinho nos procuram – é a arte que nos move, impulsiona e dignifica. Então; seja qual for a arte faça. Mas faça com a alma.

Juliana Ferretti
Formada em Canto Popular e Licenciatura em Música pela ULM – Universidade Livre de Música Tom Jobim e Faculdade Integral Cantareira e em Artes Cênicas pelo Teatro dos Arcos, Juliana Ferretti é Cantora, Compositora, Arranjadora  Vocal e Atriz. Foi responsável pela Direção Musical do espetáculo Ópera Suburbana, pela criação musical e preparação vocal dos espetáculos “Heurói”, “Okinosmov” e “O Lago de Nós” e responsável pela criação dos Arranjos Vocais e Preparação Vocal dos atores do “Rita Lee Mora ao Lado – O Musical”. É Diretora Musical da Produtora Cantando na Chuva Criações Artísticas e lecionou canto, teoria musical e musicalização em importantes conservatórios como a EM&T – Escola de Música e Tecnologia de São Paulo e no Conservatório e Faculdade de Música Souza Lima & Berklee e em projetos sociais como a ONG Casa do Zezinho. Atua no Circuito Cultural Paulistano cantando Jazz e Música Brasileira e é professora de música e preparadora vocal da STAGE LAB Teatro Musical e do Projeto Núcleo Luz, além de atuar como Coach de atores/cantores. No momento atua no musical “A Vida de Chico Xavier em Um Cisco”, de Plínio Oliveira.

Tom Santos
Ator, bailarino e cantor, iniciou aos 13 anos cantando na Igreja Católica e o Teatro na Escola onde estudava. Em 2004 Trabalhou dentro do Projeto Vocacional  durante 6 anos apresentando – se nos principais teatros da cidade de São Paulo. Em 2009 formou se pelo Curso Técnico Ator do SENAC tendo como Docentes Mariza Porto, Vivi mori, Willian Sancar, Lilian Domingues e, Ivon Mendes.
Descobriu no Teatro a Paixão pela Dança,fez aulas de ballet e Jazz na Academia Marina Lamberti e no Teatro Municipal com Manuela Leite e  na Cia são paulo de Dança, no canto fez aulas com  Sandro Saabas e cantou No Coral Popular e Lírico da Cidade de São Paulo durante 4 anos e de lá pra cá não parou mais.
Profissionalmente: Em 2013  Trabalhou com a Cia De Artes Shalom onde participou do Musical Anchieta para todas as tribos apresentando para o Papa na Jornada Mundial da Juventude no Rio de janeiro viajando por são paulo, Fortaleza e Vitória no Espírito Santo.Em 2016 integrou o Musical Samba Jazz produzido pela Rhiatti Produções que ficou em cartaz no Teatro da Revista .Em 2017 junto com o Grupo Artemis fez Certa vez numa ilha o Musical baseado no Musical Once this is island da Broadway. Em 2018 entrou para o Coralvozearte idealizado e regido pelo Maestro Rodrigo Hipolyto Apresentando com os Espetáculos Musicais  No Mundo Encantado e No Ritmo da Broadway e também Junto com A Riatti  Produções realizou a Segunda temporada De Samba Jazz O Musical  Até O Fim de 2018. Em 2019 se dedica aos Estudos e Busca seu espaço No Grande Mundo  Da Arte e Dos Musicais.

Yasmim Ribeiro
30 anos, é cantora, atriz, dubladora, tradutora e modelo plus size.
Seu amor pela arte começou aos 3 anos, estudando canto e teatro na cidade de Atibaia.
Aos 14, montou sua primeira banda de Rock e onde desenvolveu grande experiência nos palcos.
Estudou Canto e Master Classes em Música com o Vocal Coach Júlio Arello em 2012, se formou pela primeira turma do Curso Profissionalizante de Teatro Musical, pelo TeenBroadway em 2017, e concluiu o curso livre em Teatro Musical pelo Senac Lapa Scipião.
Suas últimas montagens foram “Ópera do Malandro” (como Vitória Régia Duran – acadêmico), “Curso de Amor” (como Miss Carroway – acadêmico), “A Noiva Surtada” (como a Madrinha Kelly), “Kabarett” (como Fraulein Schneider – curso), “HAIR” (como Dionne – acadêmico), “A Madrinha Embriagada” (como Madrinha – curso), “As Aventuras da Pequena Sereia” (como Úrsula), “Cantos de Coxia e Ribalta” (como Dona da Cia), “Sítio do Pica-Pau Amarelo” (como Dona Benta), e ” A Vida de Chico Xavier em Um Cisco” (como Carmen).
No cinema interpretou a personagem Clara no curta-metragem brasileiro de terror “K.”, por Kshort Films. 
Em 2016 dublou a voz cantada da protagonista do remake musical “The Rocky Horror Picture Show”, Janet Wise. Em 2017 se especializou em Dublagem pelo estúdio de dublagem Herbert Richers Jr., e se formou no curso profissionalizante de teatro musical, pelo Teenbroadway.

Igor Patrocínio 
tem 22 anos de idade, é ator e cantor. Iniciou seus estudos em música aos 13 anos e os de canto popular aos 15. Teve aulas de canto em São Paulo com Ariel Coelho, e exerceu a profissão de professor de canto por 3 anos. Iniciou sua experiência com teatro em 2018, com a Cia. Musical em Cena de Atibaia e, no mesmo ano, entrou para a Cia. de Teatro Lusco-Fusco. Em 2018 e 2019 participou da 2a e 3a temporada do musical “Cantos de Coxia e Ribalta”, interpretando O Jovem Ator. Fez um workshop de teatro musical com Giulia Nadruz, Igor Miranda, Rodolfo Schwenger e Leandro Naiss e, além de atuar, canta por bares e casas de São Paulo. Atualmente compõe o elenco de O Filho do Homem interpretando João, o discípulo mais novo de Jesus, e é cover de Bartimeu.

Saiba mais em:
www.ofilhodohomemomusical.com  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat