Os Efeitos das Barras de Access Para Ansiedade e Depressão

Os Efeitos das Barras de Access

Os Efeitos das Barras de Access Para Diminuir a Gravidade e os Sintomas da Ansiedade e da Depressão, é um trabalho cientifico feito pela Dra. Terrie Hope.

Os Efeitos das Barras de Access Para Diminuir a Gravidade e os Sintomas da Ansiedade e da Depressão

Terrie Hope, PhD e Doutora em Medicina Natural
Tradução livre de Juliana Kawai.
Resumo

Ansiedade e depressão são transtornos globalmente prevalentes que resultam em sofrimento humano, perda de saúde e da produção econômica. Além disso, há uma lacuna substancial entre a necessidade de tratamento e sua disponibilidade. (CHISTOLM, 2016). O objetivo desse artigo é examinar os efeitos energéticos das Barras de Access para diminuir a intensidade e sintomas de ansiedade e depressão.

Foram 7 participantes com ansiedade leve a grave e / ou depressão foram avaliados tanto antes como depois de uma sessão de Barras de Access de 90 minutos. Os métodos de avaliação foram um de auto relatório, eletroencefalograma quantitativo (QEEG) e sOROR. Mais uma análise em dados EEG está em andamento.

Introdução

Os Efeitos da Barra de AcessDepressão e ansiedade como parte da classificação dos transtornos mentais são considerados um dos maiores contribuintes do rol das doenças globalmente. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 350 milhões de pessoas são afetadas pela saúde mental e identificaram transtornos depressivos como uma das principais causas de custos (OMS, 2015).

O transtorno depressivo também foi um dos principais contribuintes para o suicídio e doença cardíaca isquêmica (FERRARI, 2013) . Há também uma alta correlação de comorbidade em transtornos de saúde mental e tratamento, muitas vezes prejudicado pela alta taxa de comorbidade (KESSLER, 1996). Além disso, os níveis subclínicos de transtorno psiquiátrico, incluindo depressão e ansiedade podem estar presentes em até 53% da população (MATHERSUL, 2008).

Objetivos

O objetivo principal deste estudo foi examinar os efeitos das Barras na diminuição da gravidade e sintomas de ansiedade e depressão.

Métodos

Os 7 participantes (idade entre 25 a 68 anos) relataram ansiedade e / ou depressão, M = 43,71 com SD 15,27, masculino n = 3, feminino n = 4. Os métodos de avaliação incluíram eletroencefalograma quantitativo (QEEG), análise padronizada de tomografia eletromagnética de baixa resolução (sLORETA), Inventário de Ansiedade Beck (BAI II), Inventário de Depressão de Beck (BDI), Inventário de Ansiedade de Estado e Traço (STAI) e Traço de Maryland e Depressão do Estado ( MT).

A captura de dados EEG e os testes do relatório foram administrados antes e depois de uma única sessão de Barras de Access de 90 minutos. Os testes e avaliações de QEEG foram supervisionados e verificados por um espectador na pesquisa de neurociências. As sessões foram fornecidas na clínica usando um protocolo temporizado específico para garantir confiança e controle nos 32 pontos da técnica.

As Barras de Access é um processo energético que envolve 32 pontos específicos na cabeça. Estes pontos são tocados levemente. Este processo é passivo, onde o praticante ou doador do processo não envia energia para os pontos mas atua através do processo de ativação para liberar energias presas de pensamentos, sentimentos e emoções, limitações, idéias, atitudes, decisões e crenças que podem se relacionar com vários aspectos da vida de uma pessoa. Ao liberar essa energia presa durante a sessão a mente se torna mais calma e tem mais clareza e menos estresse.

Resultados

Todos os participantes realizaram uma auto avaliação dos parâmetros de ansiedade e depressão de mínimo a grave em pré-teste. A pontuação pré para os escores BAI II e STAI variou entre 7-47 e 32-64, respectivamente, enquanto que o escore BDI e MT foi de 6 a 51 e 9 a 49, respectivamente. Todos os participantes mostraram indicadores clinicamente significativos de ansiedade (faixa de escores STAI-T de 40 a 69) usando uma média de 40.

Os resultados dos testes da auto avaliação mostram uma diminuição na gravidade e sintomas em todos os participantes.

As mudanças foram observadas na maioria dos participantes nas áreas de perda de prazer, auto depreciação, perdas passadas, pessimismo, cansaço, medo do pior acontecer e diminuíram ou foram completamente eliminados. Houve também um aumento no contentamento. Esses aspectos também podem ser evidentes em algum grau em ansiedade e depressão sub-clínica. Os resultados após uma sessão de 90 minutos trouxeram o inquérito sobre a possível ligação à ruminação (excesso de pensamentos) e algumas evidências de desengate de depressão e ansiedade. Rumination é um fator transdiagnóstico em depressão e ansiedade.

Conclusões

Barras de Access demonstra uma diminuição estatisticamente significante da gravidade e sintomas de ansiedade e depressão. Mudanças foram observadas nas percepções e qualidades que podem afetar a melhora em indivíduos com ansiedade e depressão subclínicas. A exploração futura nesta área com tamanho de amostra maior é uma consideração futura.

Sobre a Autora

Dra. Terrie HopePalestrante, facilitadora e pesquisador mundial, Terrie Hope é Ph.D. e Doutora em Medicina Natural usa sua experiência e estudos avançados em Medicina Quântica e consciência para criar grandes mudanças, cura e transformação pessoal. Terrie viaja para o mundo, fornecendo cura, fazendo pesquisas e facilitando workshops de capacitação e empoderamento pessoal.

Ela viajou extensivamente contribuindo para outros empreendimentos de pesquisa, incluindo aquisição de EEG nos laboratórios avançados com o Dr. Joe Dispenza. Ela contribui para melhorar os esforços de pesquisa como membro do comitê de pesquisa da Energypsych.org.

Assuntos Relacionados Que Podem Interessar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat