Amor x Liberdade

Imagine um pássaro pousando na palma de sua mão.

Deixe-o cantar, brincar e permanecer ali o tempo que quiser. Se ele sentir vontade de voar, deixe-o ir.

Na manhã seguinte, ele poderá voltar ainda mais feliz com uma linda canção que aprendeu com outros pássaros, e cantá-la especialmente para você.

Uma canção que você jamais teria ouvido se o tivesse prendido.

“O verdadeiro amor liberta, deixa ir e continua a querer bem.”

Eliane de Araujoh

Texto extraído do Livro Liberdade de Ser – Editora Giostri

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *