Menu Categorias
Israel

Israel

Terra Santa – História, Fé e Espiritualidade.

Israel, oficialmente Estado de Israel, é uma república parlamentar localizada no Oriente Médio, ao longo da costa oriental do Mar Mediterrâneo.

A tradição judaica dá o como acrograma hebraico das iniciais dos patriarcas e matriarcas, dos quais se originou o povo de Israel: Isaac e Jacó, Sara, Rebeca e Raquel, Abraão, Lea.

A sua etimologia é sugerida na passagem do Gênesis 32:28, na qual Jacó luta contra um anjo de Deus e o vence, após o que recebe de Deus o nome de Israel.

O nome conteria, assim, o significado para a realização de um pacto entre Deus e Israel, mantendo a memória e identidade do povo através dos tempos, e definindo as regras de sua relação com o divino.

O atual país foi designado por Medinat Yisrael, ou Estado de Israel, após serem rejeitadas outras propostas como Eretz Israel (“Terra de Israel”), Sião e Judeia.

A história da Antiga Israel abrange o período desde o século XX a.C. até à expulsão e Diáspora do povo judaico no século I, na área compreendida entre o Mar Mediterrâneo, o deserto do Sinai, as montanhas do Líbano e o deserto da Judeia.

Concentra-se especialmente no estudo do povo judeu neste período, e de forma secundária dos outros povos que com ele conviveram, como os filisteus, fenícios, moabitas, idumeus, hititas, madianitas, amoritas e amonitas.

As fontes sobre este período são principalmente a escrita clássica como a Bíblia hebraica ou Tanakh (conhecida pelos cristãos como Antigo Testamento), o Talmude, o livro etíope Kebra Nagast e escritos de Nicolau de Damasco, Artapano de Alexandria, Fílon e Josefo. Outra fonte principal de informação são os achados arqueológicos no Egito, Moabe, Assíria ou Babilônia, e os vestígios e inscrições no próprio território.

A cidade de Jerusalém é um lugar sagrado para judeus, muçulmanos e cristãos, pois sedia lugares que são fundamentais para suas crenças religiosas, como o Muro das Lamentações, o Monte do Templo, a Mesquita de Al-Aqsa e a Igreja do Santo Sepulcro.

Outros monumentos religiosos de importância estão localizadas na Cisjordânia, entre eles o local de nascimento de Jesus, a tumba de Raquel em Belém e a Caverna dos Patriarcas, em Hebron. O centro administrativo da Fé Bahá’í e do Santuário do Báb estão localizadas no Centro Mundial Bahá’í em Haifa e do líder da fé, enterrado no Acre.

Como pontos turísticos com apelo de fé e espiritualidade, podemos visitar a  Jerusalém de Davi, onde Cristo pregou e foi crucificado e Maomé ascendeu aos céus. Das encostas do Monte das Oliveiras ao Muro Ocidental, do reluzente Domo da Rocha aos mercados da Cidade Velha, culturas, religiões e povos vêm cruzando seus caminhos por aqui a milênios, criando uma atmosfera única, densa e de atroz encanto.

Venha seguir os passos de Jesus em Nazaré e Belém, onde está a Igreja da Natividade, conhecer a vida comunitária dos kibutzim e subir ao alto do altivo forte em Masada. Aos seus pés está o Mar Morto, mais profunda depressão terrestre, quase 400 metros abaixo do nível do mar, com águas tão salobras que é praticamente impossível afundar nelas.

Por onde quer que se vá a segurança é extrema e percebe-se certa tensão no ar, mas beleza e emoção andam lado a lado com as preocupações do dia-a-dia. Apesar de eventuais dores de cabeça com bloqueios nas estradas, revistas do exército e conversas enviesadas, Israel é certamente mais seguro para o turista do que outros lugares no globo.

Isso para não cair na obviedade de dizer que aqui há ótimas opções tanto de comida kosher como de restaurantes internacionais, afinal, este é um país de toda a humanidade.

Israel é conhecido um roteiro de fé e espiritualidade, com muitos locais fascinantes e históricos.

 

Veja o vídeo e conheça um pouco mais sobre Israel.

Compartilhe